Histórico do periódico

O primeiro número da revista surgiu em 1990, sem vínculo com editoras, impulsado pelo esforço de seus fundadores e colaboradores iniciais: Cecília Almeida Salles, Lilian Ledon da Silva, Philippe Willemart, Sônia Maria Van Dijck de Lima e Telê Ancona Lopes. No número cinco, a revista começou a ser publicada pela editora Annablume e ganhou novo projeto gráfico. Até o número 14, de 2006, esteve sob a coordenação científica de Cecília Almeida Salles. Em 2007, a revista, sob a direção de Marcos Antonio de Moraes e Verónica Galíndez-Jorge, começou a ser editada pela Editora Humanitas e passou por uma nova reformulação gráfica e de conteúdo.
De 2009 a 2012, a Manuscrítica foi editada por Claudia Amigo Pino e Mônica Gama, com edições semestrais.
A partir do número 23 (segundo semestre, 2012), a revista passou a ser co-editada pela nova gestão da APCG, liderada por Sergio Romanelli (UFSC) e pela Pós-Graduação em Estudos Linguísticos, Literários e Tradutológicos em Francês da USP, representada por Claudia Amigo Pino.