A concordância verbal e sua importância para os estudos sobre a formação do português brasileiro // Verbal agreement and its importance in studies on the formation of Brazilian Portuguese

Silvana Silva de Farias Araujo

Resumo


Resumo: Discute-se o tema da concordância verbal de
número no português brasileiro, apresentando uma revisão
de alguns estudos já realizados e focalizando também
os resultados de uma pesquisa contrastiva realizada por
nós acerca da concordância verbal com a primeira pessoa
do plural com dados do português brasileiro (PB) e do
português europeu (PE). Objetivou-se demonstrar que a
redução das marcas flexionais no pb é resultante do contato
linguístico muito presente na sócio-história do PB. Para
tanto, fez-se uma descrição da variação na concordância
verbal em diferentes amostras da língua portuguesa, a
saber: na arcaica, na europeia, na rural afro-brasileira e na
brasileira (dessa última, em suas normas cultas e populares).
Conclui-se que, embora o contexto sócio-histórico do
período da formação da realidade sociolinguística brasileira
não tenha dado ensejo à formação de línguas crioulas
prototípicas, não se pode deixar de ver, ainda hoje, no
português popular brasileiro, influências do intenso contato
entre línguas, bem como das situações de exclusão social
sofridas pela população afrodescendente ao longo da história
do Brasil.

***

Abstract: This article discusses the issue of number
agreement in verbs in Brazilian Portuguese, with a review
of selected previous studies, and a focus on the results
of our own contrastive study on verbal agreement in the
first person plural, using data from Brazilian Portuguese
(BP) and European Portuguese (EP). We aim to show that
the reduction of inflectional marks in bp is a result of
language contact in the socio-history of BP. Consequently,
we describe variation in verbal agreement in different
Portuguese language samples, namely: archaic, European,
rural Afro-Brazilian, and Brazilian (the latter in standard
and vernacular forms). The article concludes that although
the socio-historic context of the formation period of
the Brazilian sociolinguistic reality did not give rise to
prototypical Creole languages, one cannot ignore the
presence, in Brazilian Portuguese vernacular, of influences of
intense language contact, together with situations of social
exclusion of the Afro-Brazilian population throughout the
history of Brazil, continuing to the present time.


Palavras-chave


Análises contrativas, Concordância Verbal, Formação do português brasileiro.// Keywords: Contrastive analysis; Verbal agreement; Formation of Brazilian Portuguese.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


PAPIA

Revista Brasileira de Estudos do Contato Linguístico

e-ISSN: 2316-2767

ISSN: 0103-9415 (da versão impressa, descontinuada)

papia@usp.br

PAPIA é indexada no LATINDEX (http://www.latindex.unam.mx) e no DOAJ (http://www.doaj.org).