POÉTICA, ÉTICA E ESTÉTICA EM ODE TSU DER TOYB, DE ABRAHAM SUTSKEVER

Luciano Ramos Mendes

Resumo


Abraham Sutskever (1913-2010) foi um dos mais importantes poetas de língua iídiche do século XX. Sua obra é marcada pela precisão formal e pelo fascínio com o mundo natural. A partir do Holocausto, porém, coexiste com isso uma questão de teor testemunhal da qual o poeta vê-se impossibilitado de escapar. É em ode tsu der toyb, poema de 1955, que a essa coexistência conflitante atinge seu ápice: Sutskever recupera imagens de poemas anteriores e utiliza formas neoclássicas perfeitas mas, lança, ao mesmo tempo, uma série de questionamentos sobre o papel do poeta frente à história. O objetivo do trabalho é realizar uma breve leitura dessas questões e das respostas encontradas por Sutskever, relacionando-as à poética da fase tardia de sua poesia.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Vértices

Contato: Centro de Estudos Judaicos da USP

Tel/Fax.: +55 11 3813-6528

Email: verticeshebraico@gmail.com