NOTAS SEMIÓTICAS SOBRE O APÓLOGO DE JOTÃO (JUÍZES 9.8-15)

Paulo Sérgio de Proença

Resumo


A Bíblia apresenta rica diversidade de gêneros e temas literários. Este trabalho vai se ocupar de um: trata-se do apólogo de Jotão, que tematiza o poder, no que diz respeito a sua instituição e exercício. Para atividade analítica serão seguidos os princípios da semiótica greimasiana. Resultados apontam para a tensão própria de disputa pelo poder, em que uma tradição antimonárquica defende seus pontos de vista, dos quais o apólogo de Jotão é um exemplo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Vértices

Contato: Centro de Estudos Judaicos da USP

Tel/Fax.: +55 11 2648-6120

Email: verticeshebraico@gmail.com