A literatura dos campos de concentração

Rafael Rocca dos Santos

Resumo


Wolfgang Borchert foi um autor de grande relevância para a literatura alemã do pós-guerra, fundando o que viria a ser chamada de “literatura de ruína”. Neste texto, o autor resenha alguns dos primeiros livros de relatos de campos de concentração aproximando-os de sua concepção poética e da função que ele dava à literatura para o mundo. Trata-se de um texto de 1947, portanto um dos primeiros textos a tratar de literatura de testemunho.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Vértices

Contato: Centro de Estudos Judaicos da USP

Tel/Fax.: +55 11 2648-6120

Email: verticeshebraico@gmail.com